Cuidamos
de
GERAÇÕES
 
Informações úteis
A Criança tem Vómitos
A Criança tem Diarreia
A Criança tem Febre
A Criança e Saúde Oral
Manchas na Pele
Dores de Crescimento
Pilinhas - Puxar a pele?
Dores de Barriga
 

Organizada em 3 áreas, Criança, Mulher e Adulto a Clínica Gerações tem vários programas específicos dirigidos a problemas frequentes que são abordados por equipas multidisciplinares para obtermos os melhores resultados.

 

Dores de barriga

Nos bebés até aos 3 meses são frequentes as cólicas que tanto assustam os pais. Surgem habitualmente durante a alimentação ou algum tempo depois, na maioria das vezes ao fim do dia ou durante a noite. O bebé fica vermelho, estica e recolhe as pernas sobre a barriga e, principalmente, chora muito, muito...

Nas crianças mais velhas, as causas para as dores de barrigas podem ser muitas e o primeiro passo é tentar perceber o que poderá estar a provocar todas aquelas queixas. Na grande (enorme) maioria dos casos são cólicas muitas vezes associadas a diarreia ou a vómitos, provocadas por um vírus ou uma bactéria. São as gastroenterites. Mas noutras crianças as cólicas devem-se ao facto de serem obstipadas. São crianças que não têm dejecções todos os dias ou dia sim, dia não e que, depois de estarem uns dias sem ir a casa de banho, começam com dores. Outra causa frequente são os medicamentos. Crianças a quem são dados remédios por tudo e por nada, uma grande quantidade de remédios numa determinada altura ou alguns remédios em particular, podem sofrer de dores de barriga, devido à irritação que todos esses medicamentos causam no estômago e nos intestinos. Outras vezes, a causa é óbvia se a criança sofreu um traumatismo da barriga: uma queda, um pontapé, uma bola.

E só depois vêm as causas mais preocupantes. Em primeiro lugar, o papão das dores de barriga, chamado apendicite. É uma situação rara antes dos 4 anos. A criança queixa-se inicialmente de dores mal localizadas mas com preferência para a região do umbigo e só mais tarde a dor se torna mais forte e cada vez mais dirigida para o lado direito da barriga. São crianças que estão doentes, com febre, mal-estar, falta de apetite. As infecções urinárias são outra das causas preocupantes de dores de barriga e devem ser pesquisadas e excluídas quando as queixas se mantêm e não se encontra uma causa que as justifique, principalmente nas crianças mais pequenas. As mais velhas queixam-se habitualmente de ardor ao urinar.

Por fim, em alguns casos, não existe qualquer causa para a dor. Isto é mais frequente nas crianças acima dos quatro anos, quando a dor é uma queixa que já dura há muito tempo, que vai e vem, mas que não impede a criança de levar uma vida normal, de brincar e de dormir. A sua causa é, na maioria dos casos, psicológica em crianças que vivem situações de stress em casa ou na escola, mas sobre ela falaremos noutra altura.

O tratamento da dor de barriga deve ser dirigido para aquilo que a está a provocar. Se a criança tem uma gastroenterite devem ser tratados os vómitos e a diarreia. A dor pode ser aliviada com um analgésico como o paracetamol. Se a criança sofre de obstipação, é esta que deve ser tratada, com um clister se está muito aflita, ou com um laxante suave tomado como xarope. Se a causa mais provável são remédios em excesso dados por iniciativa dos pais, pare com essa medicação e fale ao pediatra da criança. Em todos os casos, não insista na alimentação (uma obsessão de muitos pais). Preocupe-se antes em dar líquidos a beber para manter a criança hidratada e evitar a desidratação no caso de se tratar de uma gastroenterite.

Apesar de muitas vezes as dores de barriga serem ligeiras e passarem em pouco tempo, existem situações em que deve contactar o Pediatra, nomeadamente se:

. O bebé ou criança está constantemente a chorar, sem interrupção.

. Existir, para além da dor, vómitos ou diarreia que se agravam de hora para hora.

. A criança, para além das dores, esta com um ar muito doente, esta pálida ou com manchas na pele.

. Existe sangue juntamente com as fezes.

. A criança não consegue andar.

. A dor é muito localizada em alguma zona da barriga.

. Ocorreu traumatismo importante na zona da barriga.

. Há dúvidas se a criança tomou alguma substância ou medicamento que possa ser a causa das dores.

. Existem queixas sugestivas de infecção urinária.

O mais importante é manter a calma pois pior do que uma criança com dores, é uma criança com dores e pais ansiosos. Em caso de dúvidas, fale com o Pediatra.